Causa Mortis

O outdoor me diz que estou perdendo tempo;
tenho que comprar uma Honda.
O panfleto pede meu voto prometendo
melhoras a todos, menos a mim.
O jornal informa informações
que já vi ontem, anteontem e dez anos atrás.
O rádio toca música que não curto e
me convida pra festa regada à álcool
(que não posso perder por nada neste mundo,
pagando a simbólica tarifa de 60 reais
e 40g de massa encefálica).
Os alunos pedem atividades e me xingam
pelas costas porque sou carrasco.
Os professores exigem redações
complexas e gigantes que não vão nem ler.
Enquanto isso, a universidade me cobra
por uma aula que não faço.
O advogado me diz que minha causa está perdida.
O médico diz que minha saúde também.
Por fim, a bula me adverte que o
remédio que tomo pra evitar a morte pode causá-la.
Já consigo até imaginar
o boca-a-boca popular
quando de minha partida:
O coitado morreu de overdose informacional
Com os miolos fritos,
O bolso furado
E o coração vazio.

 

19 de Novembro de 2013

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 26/07/2017.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: