Obra do Amor Findável

Sempre queria agradá-la
Nunca podia ouvi-la

Vezes e vezes tentei afagá-la
Mas poucas pude senti-la

Tentava aconchegá-la
E não podia acudi-la

– Ó, Mundo cruel !

Nunca poderei amá-la,
Apenas mochi-la !

 
© 20 de Dezembro de 2011, por Klaus die Weizerbüken (a cópia não-autorizada deste poema pode resultar em pena de morte)

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 03/02/2015.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: