Dadaísmo

E hoje, damas e cavalheiros, uma breve “homenagem” ao Dadaísmo. Quem o conhece concordará comigo que meu texto faz sentido demais para um que se diz representar esse vertente “““artística””” (quem o conhece também entenderá tantas aspas). Afinal, onde já se viu usar preposições e elementos coesivos num texto dadaísta ??? Quem não o conhece, por gentileza, procure saber a respeito ANTES de lê-lo (correndo o risco de sofrer dano cerebral caso a ordem seja invertida). Apontar, atirar, mirar, levantar âncora, câmera, ação, luz; vai:

Dadá, por que agulhas me vais a ter com todos ?

Pegar do que melhor fazer ao longe – longínquo, longitude, longitudinal e cardinal. Cardeais esses que dubitatus da provação ofertada pelo êxodo quando da exegese. E que, sabendo não poder, perderia assim. Pois é, voltar… Aquele sabe e fosse tal qual (de qualquer forma). Mas é rato tanto quanto coisa. A relação simbiótica desordenada, porém unicelular, causa transposições ordenadas que não são corroídas; todavia, quem as nega ? Diga tarde que vulgas quantidades há, não aliterando quem ex-relacionava e concebia sensivelmente, e tereis o que de mais alto preza quando tardiamente lhe reconcilia ! Sempre, desde o intermédio plutônico e o interregno basco-romano, houve trens azuis que transportariam a quem e qual de vontade dispusessem. A presteza dos transportes, contudo, não desmascarou a prestidigitação dos larápios que, vira e mexe, escamoteiam complacentemente a refutação dos postulados prestantes (advindos de concílios diversos). É seriíssima, entretanto, a jocosidade do devir que permeia a tirania alheia. Quem há de dizer que, embora as rotas traçadas sejam de grande conformidade, os próximos filisteus não serão nós mesmos ?? Só o que nos resta é aquilo que nunca foi. O que nunca foi, por instância, é o tudo que, num dia claro de verão, teve preguiça e ficou na cama.

Já chega, né ?

Uma “homenagem” de Klaus die Weizerbüken aos pseudo-artistas dadaístas.

© 2009/2010 e 25/26 Julho de 2013, por Klaus die Weizerbüken (a cópia não-autorizada deste texto pode resultar em pena de morte).

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 28/07/2013.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: