Zeus & Hera

Na morada de Zeus,
(templo esplendoroso)
Hera, brava, indaga:
Pra onde foi sua afeição ?
 
Antes, amava os gestos meus…
Agora, passa o tempo ocioso !
Crave em mim uma adaga
E acabe logo com isso, então !
 
Zeus, sentado, impaciente,
Fita Hera com desprezo;
Redargúi firmemente
(um tanto quanto surpreso):
 
Na morada minha
Não tem anseio !
Tem água clara na fonte
E luz brilhante do luar.
 
Se agrada mais viver sozinha,
Vá embora sem receio;
Além da linha do horizonte
Será livre pra voar !

 

18 de Outubro/2, 3 e 4 de Novembro de 2011, por Klaus die Weizerbüken, com uma minúscula ajuda de A.L.A.S. die Weizerbüken (a cópia não-autorizada deste poema pode resultar em pena de morte).

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 06/10/2012.

Uma resposta to “Zeus & Hera”

  1. :)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: