Relações cotidianas inevitáveis em associação com temas diretos

As imposições todas são relativas. Tudo não passa de uma relação, uma associação que fazemos com o mundo exterior a fim de novas proposições, afinal, tudo é relativo. E é esse relativismo todo que me preocupa. Essa questão de ser ou não ser, ir ou não ir, viver ou morrer, tudo já me encheu os botões. Me encheu tanto que, no momento, encontro-me saturado de baboseiras. Quanta balbúrdia há por aí ! Badernas intermináveis no governo, na sociedade, nos meios de comunicação… Que raios de convívio turbulento é esse que nos cerca, que está ao nosso redor ? Que sentimento é esse que nos esmaga, que nos implode, o quê é isso ? Será que seria uma boa nos reinventarmos ? Mas e depois disso ? Qual o próximo passo ? Estaríamos nós dispostos a mudar ?  Mudar o quê ? A nós mesmos, as pessoas em volta, o mundo ? Fazer uma nova revolução ? Não se vê mais “revoluções francesas” ou “diretas já” por aí… O povo foi calado ? As pessoas perderam a expressão ? Ou foi a vontade ? O que foi que perderam ? O que você perdeu ? Aliás… você perdeu algo ? Já sentiu aquela dor da perda, bem fundo, dentro do peito ? Você sabe que não terá mais aquilo. Acabou-se. Já sentiu ? Como foi ? Teve relação com o mundo externo ou com o interno, aquele dentro de você ? Me conte, como foi ? Estou pensando muito; seria um gênio ? Sim, sou um gênio, mas um gênio em meu mundo, não no mundo Deles, no mundo que Eles construíram, onde não se prezam mais os valores, onde tudo está invertido. Mas pra quê falar tudo isso ? Qual o sentido ? O que é a vida ? Esta é a 25ª pergunta ? Não é mais, certo ?

 

© 18 de Junho de 2009 por Klaus die Weizerbüken (a cópia não-autorizada deste texto pode resultar em pena de morte)

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 18/06/2009.

2 Respostas to “Relações cotidianas inevitáveis em associação com temas diretos”

  1. Bom,se você quer saber se eu ja perdi algo, do fundo do coração, a resposta é sim! Como você também deve ter perdido. Mas a questão não é esta.
    Em relação ao contexto tenho que dizer algo que explicara tudo com muita clareza, e concerteza você ficara surpreso, então respire fundo e se prepare! ..leia pausadamente e deixe que a informação entre na sua cabeça que parece uma enciclopédia ok!
    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
    V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V V

    NÃO SÃO AS RESPOSTAS,
    QUE MOVEM O MUNDO!
    E SIM AS PERGUNTAS!

    Você esta com muita vontade de saber as respostas, como eu por sinal, mas fique calmo companheiro Weizerbüken, na hora certa você saberá o que fazer e com isso seguir o seu rumo com a cabeça erguida e sabendo guiar as pessoas que o cercam criando com isso um mundo em paz e harmonia com seus semelhantes!

    Obrigado excelentíssimo amigo

    • Obrigado por suas palavras, foi uma resposta muito sábia. Aos poucos aprendo com suas filosofias de vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: