Os modelos de fraternização mútua

Ultimamente, venho me interessando pelo estudo do Homem e suas relações, seus sentimentos. Aos poucos, percebo coisas que não perceberia se não estudasse o assunto tão a fundo. Venho então por meio deste publicar alguns excertos de obras sobre isso. O modelo aqui descrito tem relação com o que vos falo. Obviamente, não é fruto de minha mente tão ignorante; é de autoria do grande filósofo, astrofísico e químico molecular francês Claude LeMans (1730 – 1800), que o publicou em 1795, ainda em tempos de Revolução. O que se segue foi retirado de sua obra mais famosa, “O Homem que pensava demasiadamente”:

“O processo de felicitação é buscado veementemente pelo homem desde os primórdios. Através de incessantes questões, o mesmo se martiriza para chegar a um ponto da argumentação humana onde é impossível se chegar. Então por que tentar ? Porque o homem tem uma necessidade mórbida intrínseca de sempre estar buscando algo. Ele vive PARA e POR aquilo. É por essas e outras que, quando ele não realiza a façanha planejada, fica infeliz e incapaz de abrir um sorriso, agindo com escárnio para com aqueles que preza. Ainda que isso pareça ridículo, acontece assaz. O homem vil se isola em sua casca de noz e vive como se nela só ele se encontrasse. Alguns até tentam seguir uma linha de conduta fiel, mas é complexo de se fazer. Até mesmo o raciocínio nos induz ao erro em certas ocasiões. Numa situação hipotética, temos um indivíduo tentando seguir uma linha de raciocínio por ele arquitetada. Suponhamos aqui que ele tenha 2 opções e parta para a 1ª. Ao tentar a 1ª pela primeira vez, seja lá qual for essa opção, seu cérebro o induz a formular pensamentos, proposições e/ou raciocínios sobre ela. Caso, na primeira vez, aquilo que foi tentado não tenha sido o resultado esperado, tenta-se mais e mais até que um resultado satisfatório seja apresentado. Assim sendo, ao escolher a primeira opção ele está ignorando ou menosprezando uma segunda opção possível (supusemos que havia 2, no mínimo), o que mostra claramente a preferência por esta primeira ou o despreparo para ir pela segunda. Se conseguir de primeira, o que é improvável, acabará, de um jeito ou de outro, indo para a segunda só por confirmação, para aliviar a curiosidade ou para aniquilar qualquer dúvida a respeito. Se não conseguir de primeira, muito provável, então sim, certamente, irá para uma segunda, tentando novamente; caso contrário, cairia numa contradição matemática/filosófica: é a tal Matemática de Possibilidades, a qual esmiuçarei aos poucos. Uma vez que o ato foi consumado, o SE torna-se realidade, mas, no fim, acaba-se voltando à estaca zero. Em linguagem matemática, podemos descrever essa situação-problema como

fórmula

Abaixo, mostro-lhes o Diagrama Convexal de Possibilidades Mútuas, invadindo um pouco o mundo da Lógica Matemática:

Diagrama

Assim sendo, finalizo este capítulo sobre o Homem e seus pensamentos.”

 

(LEMANS, Claude; “O Homem que pensava demasiadamente”; Página 547; Paris; 2009; Editora Onè)

 

Obrigado pela atenção.

 

© Maio de 2009 por Klaus die Weizerbüken (a cópia não-autorizada deste texto pode resultar em pena de morte)

Anúncios

~ por Klaus die Weizerbüken em 31/05/2009.

4 Respostas to “Os modelos de fraternização mútua”

  1. Quem olha para fora, sonha.
    Quem olha para dentro, desperta.

    Bom, vc sabe que o meu texto foi deletado neh Klaus, e eu não consegui reabilita-lo aqui novamente.
    Intão, estou pedindo para você olhar para dentro de você mesmo, e despertar essa pessoa que existe dentro de você.
    Pois, ai dentro, existe uma leoa insaciavel, em busca de poder!
    Bom, até mais ver Weizerbüken, ..que nossos caminhos iluminados pelos raios UV cruzem espontaneamente pelo campo gravitacional que nos contorna!

    Um grande Abraço.
    Gui.

  2. Com Certeza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: